Cuidados com o coronavírus no comércio de Jaguapitã

quarta, 17 de junho de 2020

Lojistas e consumidores precisam respeitar as medidas preventivas

Com a reabertura do comércio de Jaguapitã, região metropolitana de Londrina, é fundamental lembrar sobre a importância da atenção aos cuidados de prevenção ao Covid-19, evitando a contaminação e o avanço da pandemia no país e no mundo. Entre os principais cuidados está o uso indispensável de máscara, o uso constante do álcool gel e o distanciamento social seletivo.

Decreto

Desde terça-feira (15), a prefeitura do Município de Jaguapitã, publicou um novo decreto que faz referência ao toque de recolher nos seguintes horários: De segunda a sexta-feira, das 22:00 horas à 05:00 horas, e aos sábados e domingos, das 23:00 horas à 05:00 horas. O toque de recolher não se aplica aos Órgãos de Segurança, Chefes dos Poderes Executivos, Legislativos, Judiciário, Ministério Público, vigias noturnos, delivery, profissionais da área de saúde, e circulação para acesso a serviços considerados essenciais e sua prestação.

Ainda conforme o decreto, quem violar o toque de recolher previsto no artigo estará sujeito à multa em valor fixado entre R$ 100,00 e R$ 1.000,00. Além disso, desde o dia (15), os bares, lanchonetes e restaurantes estão exercendo suas atividades, com horário de atendimento fixado entre 08:00 horas e 22:00 horas, de segunda a sexta-feira, e aos sábados e domingos, 08:00 horas e 23:00 horas, desde que cumpram integralmente as determinações sanitárias e normas de combate ao Coronavírus, nos termos do Decreto Municipal nº 050/2020.

Comércio

As atividades de comércio da região de Jaguapitã voltaram a funcionar a partir do dia 22 de maio das 8h às 18h de segunda a sexta, e das 8h às 12h aos sábados. Receberam exceção os supermercados, que podem manter as lojas abertas das 08h às 18h, de segunda a sábado. Casas noturnas, academias de ginástica, bares, clubes e atividades religiosas de qualquer natureza continuaram fechadas, proibidas pelo decreto municipal. 

Entre as condutas de prevenção indicadas para a segurança na retomada das atividades comerciais neste momento de pandemia, estão o uso indispensável de máscaras, a higienização dos balcões e outros ambientes dos estabelecimentos, o controle do fluxo de pessoas, e o uso de marcação no piso para distanciamento social, com ao menos dois metros de distância.

Para reforçar a importância dessas e outras medidas de proteção ao coronavírus, e com isso possibilitar a continuidade das atividades de comércio da região e evitar um novo fechamento, no último dia 1º de junho a Associação Comercial e Empresarial de Jaguapitã (ACEJ) têm lançado em suas redes sociais orientações para a proteção ao coronavírus no comércio. São os informativos: "Proteja-se contra o novo coronavírus no comércio de Jaguapitã."

Entre as orientações de cuidados divulgadas na mídia estão: a indispensável utilização da máscara de proteção, não se esquecendo ao sair de casa; e a importância da higienização das mãos, usando sabão e água ou álcool gel. Por isso, é muito importante que os cuidados sejam constantes. É importante também que a população entenda a importância da quarentena neste momento, reforçando o isolamento social, e evitando a realização de verbos e demais encontros que geram aglomerações e grande risco de contaminação.

Para outras informações sobre os cuidados com o coronavírus no comércio de Jaguapitã, acompanhe as nossas redes sociais: no instagram @acejaguapita, e no facebook www.facebook.com/acej0jaguapita.

Fonte: